AEExperience: aprendendo inglês de uma forma diferente

Bom, já sabemos que vim aqui pra Fort Lauderdale pra fazer um curso de inglês né? A coisa é que quando a gente fala “curso de inglês” , a primeira coisa que vem na cabeça é sala de aula, hooooras de aula, trabalho pra casa, mil exercícios de preencher o espaço em branco nos livros. Só que na AEExperience é tudo isso ao contrário, ou seja, não é absolutamente NADA disso.

Aeexperience

Apenas uma palavra poderia definir bem a forma de ensino na escola: incrível. Não tô brincando, é muito incrível mesmo. A ideia aqui é aprender conversando, não importa qual o seu nível de inglês, mas você será forçado a falar e se comunicar com os outros alunos e com os professores, e pra mim, essa é a melhor forma de aprender.

aeexperience

Não ficamos presos em livros e um milhão e meio de exercícios chatos e repetitivos, é sempre uma conversa entre amigos, muitas risadas e muitas experiências, ideias e palavras americanas bem típicas. Bom, é claro que depende um pouco do que você quer e precisa aprender. As aulas podem ser em grupo ou particulares, pode ser preparação pro TOEFL ou enfim, qualquer coisa, mas o foco é sempre na conversação e troca de ideias.

aeexperience

Os professores são ótimos, todos muito simpáticos, pacientes e sempre disponíveis para ensinar, corrigir e ajudar todo mundo.

Outra coisa bacana e bem diferente é que temos aula de manhã, das 9h as 13h e depois na parte da tarde acontecem várias experiências (oi, nome da escola) e passeios com os alunos e professores. Aí é aquilo né, diversão e aprendizado, porque assim passeamos e conversamos em inglês e sempre surgem palavras novas pra adicionar ao vocabulário.

aeexperienceTambém tivemos o dia de fazer abóboras de Halloween

Pra quem quiser mais informações sobre a escola, entra no site deles: AEExperience. O mais bacana é que tem gente na escola que fala português, então é tranquilíssimo de tirar dúvidas, perguntar o que quiser e acertar tudo direitinho. Comigo desde o começo foi fantástico, desde o primeiro contato (e olha que enchi o saco com 678 e-mails) fui muito bem atendida. Não tem como ficar com dúvidas, é só vir.

A verdade é que estou adorando esse método, a escola e todo mundo por aqui! Sábado foi meu aniversário e na sexta teve até donut surpresa. Fofos demais né?

aeexperience

aeexperience

Como é voar com a United Airlines

Pela primeira vez na vida, voei com a United Airlines, e posso dizer tranquilamente que dá de 10 a 0 na Delta. (ok, é que eu odeio muito a Delta, acho eles péssimos, já contei nesse post aqui).

Antes de mais nada, eu só voo na classe econômica – é o jeito né – então quando falo de companhia aérea aqui no blog sempre tem os mesmos parâmetros comparativos. Nessa viagem peguei dois voos com eles, o longo Brasil-EUA e depois um interno, entre Houston e Fort Lauderdale. Voos bem diferentes, preciso dizer.

O internacional achei bem bom. O espaço entre poltronas é interessante, nada muito apertado e a divisão na aeronave é estilo 2-4-2 lugares. Sentei na janela (no finestrino né gente) nos dois voos e tenho achado mais confortável que o corredor, que sempre costumava pegar. Na janela, além da vista de chegada e saída, tem uma parede pra se encostar, e isso melhora uns 3% nas posições para dormir durante o voo.

avião united airlines

Na United tem cobertor e travesseiro e confesso que me assustei com a finura do cobertor. Parecia uma flanela e de cara pensei “me ferrei, vou congelar aqui com isso”, mas por sorte estava errada. Não é que aquela flanelinha esquenta legal até? Não passei frio com ela + um moletom.

O que tenho sentido falta em quase todas as companhias ultimamente é aquele pequeno kit com escova e pasta de dente, meinha e um balm pros lábios. Acho que pelo preço que a gente paga, era bem viável prezar um pouco pelo conforto dos passageiros.

Com relação a comida, achei meio fraca. Pedi um frango pro jantar e veio mais vagem do que frango junto. No café da manhã a coisa foi fraca também, um croissant bem mais ou menos e uma mini salada de frutas. O que salvou o jantar e boa parte do voo foi o atendimento dos comissários. Pelo menos do meu lado da aeronave tinha um senhor incrivelmente fofo e simpático servindo. Certeza ele em breve pode concorrer a vaga de Papai Noel.

Pra ter ideia, ele estava sempre tão de bom humor e querido que não servia a comida perguntando qual prato queria, ele perguntava “você quer o frango delicioso ou a carninha super interessante?”. Fofinho né? E quando no meio da noite quis uma água, nem precisei pedir, ele já veio atender com um copo de água. Já sabia que era isso que queria e economizou nosso tempo. Adoro quem faz isso, ganhou ponto comigo.

Também tínhamos uma tv por poltrona e muito bem abastecida com filmes e seriados. Muitos filmes bons e novos pra escolher. A única coisa que eu não amei totalmente foi que a tela tem uma leve inclinação que não é ajustável, e apesar de funcionar bem quando o banco da frente está deitado, se a pessoa da frente não deitar, a coisa complica, porque quase não dá pra ver direito. É claro que, como sou ultra sortuda, a pessoa da minha frente, por algum motivo obscuro qualquer, não deitou a poltrona!! Tive que conviver com a iluminação esquisita da tela. #chatiada

O voo internacional saiu na hora e chegou um pouco antes do esperado. Não tivemos nenhum problema e achei o voo bem tranquilo. No voo nacional a coisa foi mais podrinha. A aeronave era muito menor, não dava pra se mexer no banco praticamente, e assim como as nossas queridas companhias aéreas, a United Airlines também não serve lanchinho no voo. Se quiser precisa comprar, bem como o uso da televisão.

vista united airlines

No fim das contas, achei a companhia relativamente boa. A comida precisa de um pequeno upgrade no voo internacional, mas ok. E no voo interno você pode se preparar para um voo bem regular e apertado como os nossos no Brasil. Infelizmente, essa perna não é primeiro mundo.

Pra saber nossa opinião sobre outras companhias aéreas, dê uma olhada nesses posts:

- Comparando Cias Aéreas

- Singapore Airlines

- Thai Airlines

- Cias Aéreas na Indonésia

- TAP

Minhas primeiras impressões de Fort Lauderdale

Eu já tinha ouvido falar em Fort Lauderdale, mas não faz muito tempo assim. Nunca tinha me dado ao trabalho de pesquisar sobre a cidade e muito menos coloquei na minha lista de “lugares que quero conhecer”. Por sorte, surgiu uma oportunidade bem interessante e resolvi vir.

Quando contei pra alguns amigos que viria pra cá, sei lá… 99% deles não sabia o que era isso, não sabiam onde ficava (nos EUA) e nunca tinham ouvido falar. Não é alienação não, é só que a cidade realmente não é conhecida por boa parte dos brasileiros. A minha grande pergunta é: por-quê???!

Estou completamente apaixonada pela cidade. Uma delícia de lugar, tranquilo, limpíssimo, pessoas muito bacanas e bom, super seguro. Pra quem gosta de praia é um prato cheio também, pois a cidade fica na costa da Florida.

fort lauderdale

A limpeza da cidade me surpreendeu muito. Curitiba é uma cidade bastante limpa, mas aqui é chocante, não tem um papelzinho no chão, nem no centro.

Ah, outra coisa que me chamou muita atenção aqui também foi o trânsito. Eu estou hospedada no centro, e pra mim, “centros” são sempre lotados de gente, de carros, de barulho, de bagunça, de sujeira. Aqui… o centro não tem nada a ver com isso tudo. É limpo, não tem congestionamento, não tem bilhões de pessoas na rua, as pessoas respeitam os sinais e não ficam buzinando umas para as outras. É lindo de ver, é outro nível completamente.

fort lauderdale(isso, é no centro da cidade)

As pessoas são fantásticas, e bem, eu já achava isso do pessoal lá da Califórnia. As pessoas são tão gentis, te tratam bem, se esforçam pra falar com você – estrangeiro – e tem paciência pra isso. Os garçons são extremamente simpáticos, prestativos e se importam se a sua comida e sua experiência estão ok, lojistas são atenciosíssimos mas sem ser chatos tentando empurrar mil coisas. Pode ser impressão minha, mas aqui me sinto acolhida pelas pessoas.

Acho que não preciso falar muito sobre a segurança, e é claro que você pode andar tranquilo na rua a qualquer hora do dia que está tudo bem.

É aqui em Fort Lauderdale que fica um dos maiores outlets da Florida, o Sawgrass, grande queridinho dos brasileiros. E quem não é fã de compras pode ir passear em Miami, pode ficar na praia, pode ir a Key West, pode ir passar o final de semana em Bahamas… tem tantas opções saindo daqui!

Outra coisa ótima: muito lugar legal e bom pra comer! Nada de junk food por todo o lado, aliás eu ainda não vi um Mc Donald’s por aqui. Tem pra todos os gostos, comida mexicana, brasileira (depois conto desses restôs, aguardem), italiana, grega, várias opções de salada.

Meu resumo é: amei a cidade, amei ter vindo pra cá, lugar lindíssimo com gente simpática e muitas opções pra aproveitar. Não sei porquê ninguém vem pra cá direito ou pior, porquê a cidade nem é mencionada/lembrada.

fort lauderdale

E semana que vem ainda acontece o maior Boat Show do mundo, com muitos “barquinhos” pra dar inveja. Ah sim, porque acho que não mencionei, aqui é tipo uma Veneza Americana, cheia de canais no meio da cidade e claro, as pessoas tem um carro na frente de casa e um barco (iate, oi) na parte de trás. Essa é a vida em Fort Lauderdale. Semana que vem vou lá e conto mais aqui pra vocês. Enquanto isso VENHAM PRA CA!

fort lauderdale

Novidades: Fort Lauderdale

Esse mês tenho uma novidade bem legal por aqui. Vou ficar duas semanas em Fort Lauderdale, na Flórida (do ladinho de Miami) a convite de uma escola de inglês, a AEE American English Experience.

A cidade não é O maior destino turístico dos brasileiros. Geralmente o pessoal vai à Miami e no máximo vai até Fort para passar um dia. Bem, tem um monte de coisas pra fazer lá, sem contar o top Outlet Sawgrass Mill, que todo mundo adora.

Essa viagem não estava nem perto da minha programação, mas rolou e já está sendo super legal. Embarco hoje pra lá e só volto em Novembro. Vou tentar atualizar aqui o máximo possível, mas nas redes sociais vai ser mais fácil de acompanhar tudo. Quem não curte nossa página no Face ainda, corre lá, e se não segue no Instagram… corre lá também!

Todos os posts relacionados à Fort Lauderdale serão identificados com essa assinatura:

assinatura fort lauderdale

E junto com a viagem, aproveitamos para lançar uma nova tag, claro… de Fort Lauderdale! Olha que fofinha ficou, modéstia a parte, hehe:

tag de mala fort lauderdale

A tag já está na loja disponível para venda e eu… embarcando pra lá. Aguardem as novidades!! Ah, e quem estiver por lá e quiser marcar uma cerveja, eu topo, hein?

Calendário de viagem

O Natal nem chegou ainda e já ganhei um presente super bacana do Foto Registro. Já contei sobre eles aqui no blog, foi lá que fiz meu foto livro com as fotos da road trip de fim de ano, lembram?

Agora eles estão com os calendários personalizados, e obviamente eu escolhi fotos do que? De viagens, claro! O que é muito bacana do site e dos produtos, é que é tudo personalizável e você pode fazer do jeitinho que quiser.

calendário viagem

calendário viagem

Dá pra fazer pelo site direto ou baixar um programinha para isso. Lá tem várias opções de layouts e sugestões, e aí você vai moldando como quiser.

calendário viagem

calendário viagem

No calendário dá pra por, além das fotos em cima, fotos nos aniversários das pessoas ou eventos. Achei isso uma ideia bem legal, mas no meu preferi deixar mais clean e usar só as fotos maiores em cima. É que geralmente eu vou escrevendo coisas no meu calendário, e aí ia ficar uma zona e super poluído.

calendário viagem

E olha, tem opções de calendário de mesa e também os de parede. Esse meu é de parede, bem grandão, olha só:

calendário de viagem

1 2 3 267